ESTUDE A PALAVRA DE DEUS AGORA!

ESTUDE A PALAVRA DE DEUS AGORA!
Cursos e Estudos Bíblicos Gratuítos

Ouça Temas Bíblicos Agora:

Primeiras Impressões dos Novos iPods

Se uma hora é pouco para conhecer uma pessoa, imagine então para destrinchar um aparelho eletrônico. Não tem jeito. Agora imagine usar esse tempo para analisar três modelos diferentes. Impossível. Dá, no entanto, para ter uma noção de como os equipamentos são e para sentir como funcionam. Pois foi assim, durante cerca de 60 minutos, que o Link teve acesso, na semana passada, aos três novos iPods, lançados pela Apple nos EUA no início do mês. ´Fomos conferir de perto as três novas versões do tocador de música digital a convite de uma importadora, que disse ser impossível emprestá-los para um teste criterioso naquele momento. Então, tá. Como quem não tem cão caça com gato, topamos. E fizemos - ou melhor, avaliamos - o que pudemos. À primeira vista, o aparelho que chama mais atenção, disparado, é o iPod Touch, que tem uma interface igual à do revolucionário iPhone. O novo iPod Nano também se destaca pelo visual meio quadrado, um pouco desproporcional em relação à tradicional rodinha (leia ao lado). Já o iPod Classic segue aquele estilo bem tradicional, mas é bem mais fino que o seu antecessor, o iPod Vídeo. O iPod Touch impressiona. O design, a simplicidade de uso da interface, a tela ampla e a possibilidade de entrar na internet por Wi-Fi (sem fios) são quatro golaços do aparelho. O navegador permite dar zoom no conteúdo de sites com o toque dos dedos, o que torna a experiência agradável. Só que o teclado "virtual" - que surge na tela sempre que se vai digitar algo - provoca desconforto, porque esbarrões acidentais na tecla errada ocorrem freqüentemente. A inovadora interface também deu umas engasgadas. Quando você coloca o tocador na posição horizontal, durante a navegação na internet ou na visualização de fotos, por exemplo, um sensor detecta a mudança e as informações também passam a aparecer na horizontal. No aparelho analisado pelo Link, porém, isso demorava mais de 1 segundo para ocorrer. Ao contrário de todos os outros iPods, o Touch peca por não funcionar no modo HD. Não se pode transportar nele outros arquivos além de músicas, vídeos e fotos. A capacidade, de 8 GB (US$ 300) ou 16 GB (US$ 400), também decepciona, principalmente se você pensar que a maior versão do Touch é mais cara do que o iPod Classic de 160 GB (US$ 350). Além das poucas alterações nos menus e da espessura menor, o Classic - que tem ainda uma versão de 80 GB (US$ 300) - não traz novidades. Ainda não há previsão para o lançamento dos novos iPods no Brasil. As informações são do O Estado de S. Paulo/Link

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!