ESTUDE A PALAVRA DE DEUS AGORA!

ESTUDE A PALAVRA DE DEUS AGORA!
Cursos e Estudos Bíblicos Gratuítos

Ouça Temas Bíblicos Agora:

Alta definição em games gera preocupação com violência

A era dos videogames de alta definição, em que o virtual e o real são quase confundidos, tem gerado mais preocupação entre aqueles que acreditam que jogos violentos infuenciam o comportamento de jogadores mais jovens. Por exemplo, 15 anos depois do lançamento do filme Cães de Aluguel, de Quentin Tarantino, ter causado polêmica devido ao conteúdo violento, o longa foi transformado em videogame. No jogo há balas, armas e muito, muito sangue. Cães de Aluguel - o jogo foi proibido para menores de 18 anos e não pode ser jogado pelos mais jovens. Mas a pergunta é se este game deveria ser jogado. Para citar uma passagem do jogo, "Mr. White" está preso em uma joalheria cercada pela polícia. Ele pega sua arma e explode a cabeça de dois transeuntes inocentes. Em poucos minutos, 25 pessoas estão mortas ou feridas.
Roteiro: "Games são uma forma interativa de entretenimento. Durante anos livros, filmes e rádio introduziram vários temas para crianças, desde romances até suspenses violentos. Jogos não são diferentes", disse Chris Deering, ex-presidente da Sony na Europa. "Existem certos procedimentos criados para tentar proteger crianças pelo menos para que elas não se deparem com conteúdo traumatizante inadvertidamente", acrescentou. A indústria britânica tem um sistema de classificação para jogos voltado para menores de 16 anos. Assim os games recebem classificações como parte de um código voluntário determinado pela indústria. Mas se os jogos são voltados para maiores de 16 anos, a British Board of Film Classification (Diretoria Britânica de Classificação de Filmes, BBFC) determina as classificações. "Aplicamos os mesmos princípios e linhas editoriais que usamos para filmes e vídeo, mas levando em conta que jogar um videogame é diferente de assistir um vídeo. O tema e o tom de um game é mais importante e pode fornecer o contexto para a classificação", afirmou Jim Cliff, da BBFC. Peter Derby, do Conselho de Padrões para Vídeo, fiscaliza o sistema voluntário de classificação da indústria. E disse que um game pode receber uma classificação acima de 15 anos. Ao pedir a classificação da BBFC, o game pode receber classificação 12 ou mais, pois os critérios da BBFC são diferentes. Também existem provas de que alguns revendedores dos games não levam a sério as classificações e vendem alguns jogos classificados acima de 18 anos para crianças. Paul Jackson, diretor-geral da Entertainment and Leisure Software Publisher's Association (Associação de Fabricantes de Software de Entretenimento e Lazer), afirma que os membros da associação levam a sério o sistema de classificação. "Nós aplicamos de forma ativa estas classificações com nossos parceiros no comércio", disse.
Moral: Muitos na indústria do videogame associaram a publicidade negativa em volta de alguns games - que são voltados apenas para adultos - ao pânico moral que outras formas de comunicação receberam da imprensa. "Quando os livros vitorianos entraram na moda pensava-se que seria errado jovens mulheres lerem tais livros", disse. "Se analisarmos as pesquisas, veremos que pessoas violentas compram games violentos, assim como todo o resto das pessoas", disse Jon Sykes, diretor-gerente da Play Technologias e estudioso de games. "O que isso significa? (...) Depois de um importante jogo de futebol ou luta de boxe o espancamento de mulheres aumenta em 3%. Não é o futebol que nos deixa violentos, nós ficamos estimulados. Há uma ligação entre videogames e estímulo e uma ligação entre estímulo e violência. Mas não há ligação entre videogames e violência. É apenas outro meio", disse. Chris Deering reconhece que alguns criadores de games estão indo longe demais. Mas em dez anos na diretoria da Sony na Grã-Bretanha, ele teve que rejeitar apenas dois ou três títulos por estas razões. Deering afirma que o debate a respeito da violência em videogames estava se tornando mais "lógico e menos frenético". "A habilidade para ter imagens realistas ou, em algum dia, experiências holográficas ou em 3D, isto pode até ser regulamentado como pornografia infantil", disse. Para ele a indústria precisa "se policiar". Quanto a Cães de Aluguel - o jogo, a pergunta é se os criadores do game estão transformando um filme complexo a respeito de violência e comportamento violento em um festival banal de balas. "Você pode jogar sem nunca disparar uma bala sequer", disse o Ben Fisher, da Volatile Games, criador do jogo. Mas, quem vai jogar este game desta maneira? (Fonte: BBCBrasil)
NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação!

Postagens Populares: