ESTUDE A PALAVRA DE DEUS AGORA!

ESTUDE A PALAVRA DE DEUS AGORA!
Cursos e Estudos Bíblicos Gratuítos

Ouça Temas Bíblicos Agora:

Com ele, é tudo preto no branco

Miguel Falabella nunca foi de meias-palavras. Diz o que pensa e o que quer com força, sinceridade e opinião, qualidade inegável no meio televisivo, onde as pessoas temem se chamuscar com egos inflamáveis e assuntos explosivos. Autor e ator do seriado Toma Lá Dá Cá, em que vive o corretor de imóveis Mário Jorge, o carioca não abranda suas críticas nem a seu próprio personagem. O programa emplaca sua terceira temporada sem saber se permanecerá na grade. A dúvida, porém, não abala Miguel. – Acho que ele ainda tem fôlego para mais, mas não cabe a mim decidir. Se não tiver de ser, faço outra coisa. Graças a Deus, trabalho não falta – garante. Entre os projetos, estão peças de teatro – uma delas, Gaiola das Loucas, em que Miguel aparecerá ao lado de Diogo Vilella – e o esboço de uma nova série, que gira em torno do culto à celebridade. “ – Essa cultura transformou todo mundo na mesma coisa. Eu não vou mais a lugar nenhum, porque você é obrigado a ser fotografado ao lado de vagabundos, ladrões, assassinos, com tudo. Vai tudo no mesmo saco – argumenta. Diário Catarinense – O que vai ter de novidade para o programa? Miguel Falabella – A Isadora vai ser juíza. Não teve agora essa juíza loura, uma mulher corrupta, que está aí nas páginas? E alguém diz alguma coisa? Se bobear vai estar na Caras mostrando a casa, daqui a pouco. Não vai? Claro que vai! E vai todo mundo vai achar lindo. O Brasil perdeu os valores básicos. O Toma Lá Dá Cá é uma brincadeira, mas denuncia isso tudo. DC – E você acha que o público entende dessa forma? Em A Lua me Disse, por exemplo, você foi acusado de racismo por causa das personagens Latoya e Whitney... Falabella – Eu respondo seis processos até hoje. O nível mental das pessoas que assistem à tevê no Brasil é por volta de 9 anos de idade. Em comparação a um jovem francês, o que lê um jovem brasileiro? Um jovem francês lê 200 vezes mais. E um país que não tem educação nos condena à mediocridade. Aqui mesmo tem diálogos e piadas que as pessoas não entendem, porque não têm informação. É o que eu brinco: para entender o Toma Lá Dá Cá tem de, pelo menos, ter lido A Moreninha. Mas o público entende a transgressão e a brincadeira, gosta do absurdo. DC – A recepção, então, é boa? Falabella – Com certeza. Quando você acharia que uma senhora, uma avó como é a Copélia, poderia se comportar dessa maneira? Uma mulher que só pensa em sexo? Mas o público ama a Copélia. Acho que a gente está tão farto de mentira, de hipocrisia, que, quando alguém diz uma loucura – e diz de verdade, porque eles acreditam naquilo – as pessoas gostam. (Fonte: Jornal DC - 24/05/2009) Nota do Editor: Em relação a declaração de Falabella de que o nível mental dos brasileiros é de cerca de nove anos de idade (Grifo nosso), talvez ele tenha razão, considerando que há mais de 70 milhões de analfabetos funcionais no país, ou seja, gente que sabe até ler e escrever mas que é incapaz de compreender e interpretar o que lê e escreve, realmente o nível mental de muitos é do tamanho da tela da televisão, a qual também apresenta programas de baixo nível mental.

MP-SP estuda medidas para tirar Maísa do ar

O choro que a menina Maisa Alves exibiu nas duas últimas semanas no Programa Silvio Santos, do SBT, virou assunto judicial. O cerco se fechou contra o dono do Baú: o que até então era encarado como charme da espevitada apresentadora de 6 anos está prestes a se tornar uma briga entre SBT, órgãos de justiça e ONGs que defendem os direitos da criança, para as quais a menina está sujeita à humilhação em pleno ar.

Tudo começou no domingo, dia 10, quando Maisa se assustou com um menino fantasiado de monstro e correu para o colo da mãe - tudo no ar. O segundo episódio de desespero da menina ocorreu no último domingo, dia 17, quando Maisa começou a por conta das brincadeiras do patrão, que implicava justamente com o choro do domingo anterior. A garota, ao correr para os bastidores, bateu a cabeça em uma câmera.

O caso foi levado ao Ministério da Justiça (MJ) e ao Ministério Público Federal (MPF) por duas fontes diferentes. No MPF, um advogado formalizou a denúncia contra o SBT. No MJ, o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) encaminhou relatório sobre os episódios do Programa Silvio Santos.

O SBT diz que a emissora não vai se pronunciar até seu departamento jurídico ser comunicado pelo Ministério Público Federal.

Por conta dessas denúncias, o SBT corre o risco de perder a apresentadora mirim e Silvio Santos pode ser investigado pelo Ministério da Justiça - por exposição de crianças em sua emissora. O canal ainda pode ser multado por desrespeito à lei.

Mas o caso ainda está no início: passa por investigação na Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) e, assim que um procurador tomar a frente do caso, a família da criança e a emissora serão interrogados. Apenas se ficar comprovado no Ministério Público Federal que a menina foi humilhada, a emissora corre o risco de perder Maisa no programa dominical - classificado como adulto e não infantil, como o Sábado Animado, outra atração liderada pela garota.

A iniciativa do Conanda de encaminhar um relatório ao Ministério da Justiça ocorreu ontem à tarde, depois de Ariel de Castro Alves, membro do conselho, observar que a situação de Maisa no SBT é “delicada”. Ele diz que o conselho recebeu muitos e-mails discutindo o assunto e o posicionamento do MPF antes de levar o problema adiante. “A TV é uma concessão pública, por isso cabe ao Ministério da Justiça investigar o conteúdo do programa.”

Para Ariel, o caso de Maisa pode até render uma investigação pessoal de Silvio Santos. “Submeter uma criança ou adolescente a constrangimento ou humilhação configura crime, e isso está na lei. Esse tipo de caso rende detenção de seis meses a dois anos.”

O secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, não quis se pronunciar até o fechamento da edição. Ele afirmou que hoje fará uma nota oficial.

A polêmica da exposição ao trabalho de Maisa se estendeu às outras crianças contratadas por Silvio Santos. Segundo Ariel, ONGs ligadas à criança há semanas estão analisando esse investimento infantil do canal. “No SBT, Maisa e outras crianças estão sendo submetidas ao trabalho infantil, o que também pode render multa ou cassação de alvará de funcionamento do SBT. Ninguém com menos de 16 anos pode trabalhar, só no caso de aprendizes.”

Situação essa que só preocupa os pais de Priscilla, Yudi e Rebeka Angel - outros apresentadores mirins da emissora. “Se fosse meu filho eu já tinha proibido de participar desse tipo de programa”, diz Roberto Fonseca, pai de Priscilla. “A Maisa foi humilhada e ridicularizada em rede nacional.”

Já Nelson Tamachiro, pai do apresentador Yudi, de 16 anos, acha que o programa é combinado para chamar atenção. “O Programa Silvio Santos é gravado, então algumas coisas poderiam ser cortadas. Se aquele tipo de coisa não está sendo cortada é porque é combinado para gerar polêmica e audiência”, diz o pai do apresentador.

Fonte: Estadão.com.br

MP-SP estuda medidas para tirar Maísa do ar

O choro da pequena Maísa virou caso de Justiça. O Ministério Público de São Paulo, a Vara da Infância e da Juventude do Estado, e o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente estudam medidas cabíveis para tirar a menina do ar.

A cena de Maísa chorando de medo de um monstro falso, que foi ao ar no dia 9, e outra imagem dela novamente chorando, após bater a cabeça em uma câmera no Programa Silvio Santos, no último domingo, geraram uma série de representações públicas no MP. O órgão vai avaliar as queixas e deve instaurar procedimento contra o SBT nos próximos dias.

Entre as denúncias feitas ao órgão, está a alegação de que Maísa, que tem apenas 6 anos de idade, vem passando por situações constrangedoras e violência psicológica no Programa Silvio Santos.

O Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente vai analisar as imagens de Maísa chorando e promete também entrar com denúncia no Ministério Público.

O SBT, por meio de sua assessoria de imprensa, informa que não vai se pronunciar sobre o caso, pois ainda não foi citado judicialmente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.(Fonte: Yahoo Notícias)

Nota do Editor:

Não é de hoje que a televisão brasileira viola os direitos de proteção de crianças e adolescentes previstos no ECA (estatuto da Criança e do Adolescente). Penso que o Ministério Público e a sociedade brasileira precisam participar mais ativamente no controle social dos meios de comunicação. O caso Maísa é um exemplo do que ocorre em relação a violação de leis que condenam o trabalho infantil, a exploração da imagem de crianças e adolescentes, fas diferentes formas de abuso e violência infanto-juvenil, etc. Defendemos a idéia de democratização da mídia com fundamentação ética e respeito ao ser humano, bem como a participação da sociedade civil em organizações, associações, ongs, fóruns de discusão e debate objetivando a participação cidadã e o controle social dos meios de comunicação.

Guia Prático para o Bom Uso da Internet - Clique Aqui

Prezados (as) leitores e leitoras do blog Influência da Mídia, recebi um e-mail precioso material para subsidiar nossos conhecimentos e ações em relação ao "Bom Uso da Internet", o qual recomendo e qualifico de excelente. Paz e benção, Jorge Schemes. Prezado Jorge:

A popularização da tecnologia e as facilidades de aquisição de equipamentos de informática trouxeram uma série de comodidades para a população. Por outro lado, essas facilidades também chamaram a atenção de criminosos, que hoje colocam em risco a segurança dos cidadãos que usam a rede mundial de computadores para o trabalho e entretenimento. A melhor forma de prevenir esse tipo de ação é a informação.

Pensando nisso, o escritório Mariani, Santos & Advogados Associados, com sede em Curitiba (PR), produziu o Guia Prático para o Bom Uso da Internet, visando fornecer aos pais, educadores e todos os interessados nesta área as informações necessárias para se precaver contra ações de crackers e outras pessoas que usam a internet para a prática dos mais variados crimes.

Especializado em Direito Digital e Segurança da Informação, o Mariani, Santos & Advogados Associados atua no segmento empresarial, implementando soluções na área de segurança da informação e fornecendo consultoria para todos os assuntos relativos ao setor de tecnologia, como a elaboração de contratos, auditoria, due dilligence, forense digital, proteção de software, propriedade intelectual, proteção de e-business, entre outros serviços.

Agradecemos o interesse em conhecer um pouco do nosso trabalho, por meio do Guia Prático para o Bom Uso da Internet. Também nos colocamos à disposição para a troca de informações, críticas e sugestões.

O Guia esta disponível através do link: http://www.marianiesantos.com.br/guia_internet.pdf

Caso tenha dificuldade em realizar o download, por favor nos avise.

Atenciosamente, Guilherme Guimarães Rocha Pereira dos Santos MARIANI & SANTOS Advogados Associados Rua Desembargador Motta, 3588, Mercês Curitiba - Paraná - 80430-200 Fax: (041) 3335-2665 E-mail: guilherme@marianiesantos.com.br Home-page: www.marianiesantos.com.br

Intimidação virtual é mais que uma simples "brincadeira"

Mais de metade dos adolescentes dos Estados Unidos podem estar sofrendo com o problema da intimidação virtual, que talvez seja tão grave ou até pior do que sofrer agressões físicas na escola. A persistência dos ataques e a devastação emocional que causam podem resultar até mesmo em suicídio.

Quer seja por meio de emails, serviços de mensagens instantâneas, celulares, mensagens de texto ou em sites, a intimidação virtual está se tornando um problema sério.

Nos últimos 10 anos, 37 dos Estados norte-americanos adotaram leis que impõem às escolas criar normas contra essa questão.

"A questão está se tornando algo que as pessoas veem como significativo, à medida que mais e mais estudantes falam a respeito e que, infelizmente, se tornam mais comuns casos de suicídio ou de estudantes que causam ferimentos a eles mesmos por conta disso", disse Dan Tarplin, diretor educativo em Nova York da Anti-Defamation League (ADL), que combate o anti-semitismo e todas as formas de intolerância.

Ao contrário das brigas e da intimidação física que podem ocorrer em uma escola, Tarplin diz que o anonimato da mídia eletrônica pode tornar os agressores mais ousados, e sua onipresença permite que um comentário desagradável, uma declaração áspera, uma foto ou vídeo pouco lisonjeiros sejam exibidos a grande número de pessoas instantaneamente.

"Com as formas eletrônicas de intimidação, não existe refúgio", disse Scott Hirschfeld, diretor de currículo e treinamento na divisão de educação da ADL, que criou seu programa a fim de conscientizar as pessoas sobre formas de combater a intimidação virtual.

"A agressão acontece 24 horas por dia. Está sempre online. Mesmo que a vítima desligue o computador, sabe que a página de Web está lá, ou que há pessoas espalhando boatos sobre ela. O fato de que a pressão é ininterrupta se prova devastador em termos psicológicos", acrescentou.

Adolescentes que participaram de uma conferência da ADL disseram que acreditavam que a intimidação fosse só "brincadeira", até que ouviram o depoimento de John Halligan sobre Ryan, seu filho de 13 anos que se suicidou em 2003, depois de anos de intimidação, online e fora da rede.

"Ele era intimidado constantemente pela possibilidade de que fosse gay", disse em entrevista Halligan, ex-executivo da IBM que agora conta a história de Ryan em escolas de todo o país. (Fonte: Yahoo Notícias)

Solitários buscam "conforto" em programas de TV

Nova pesquisa mostra que pessoas criam relacionamentos fictícios com personagens de TV para buscar consolo e afastar a tristeza. Os voluntários dos estudos, que se sentiam infelizes por relembrarem momentos em que foram rejeitados socialmente, se animavam enquanto escreviam sobre seus personagens preferidos dos programas que assistiam. Isso apoia a hipótese da substituição social, na qual a tecnologia fornece aos solitários um senso de pertencimento social quando, na verdade, as relações formadas não são reais. “A rejeição tem um efeito horrível sobre qualquer um de nós, porque somos uma espécie social”, explica a psicóloga Shira Gabriel, da Universidade de Bufallo, que conduziu os estudos. “Mas, quando estamos vendo nossos programas favoritos de TV, não ficamos mais tristes.” A maioria das pesquisas nesse campo foram baseadas em relatórios que alunos universitários faziam de si mesmos. Quando unidos, esses estudos mostram que relacionamentos com personagens fictícios afetam as pessoas de maneiras realmente fortes (quem nunca viu aquelas manchetes de atores que interpretam vilões sendo espancados por noveleiros?). No livro Fahrenheit 451, de Ray Bradbury, há uma personagem que prefere passar seu tempo com uma família fictícia, que aparece em telas de TV, do que com seu próprio marido. E, para perceber como até os livros podem afetar nossas vidas, basta dar uma olhada nos fandoms (domínios dos fãs) na internet de livros como Crepúsculo, Harry Potter, Senhor dos Anéis e até os clássicos como Orgulho e Preconceito. Shira e seus colegas já começaram a realizar mais pesquisas para descobrir como esse meio de satisfação social afeta as emoções do mundo real. Eles buscam fazer a conexão entre redes sociais existentes e ilusórias para explicar melhor o comportamento de indivíduos. “Algumas vezes nem os mais ‘noveleiros’ conseguem acreditar em como são ligados às histórias que acompanham”, declara Shira. “Há pessoas que não acreditam em nossa pesquisa. Pensam que pegam um livro qualquer, leem e sabem diferenciar muito bem o real do imaginário. Mas é aí que a empatia humana entra em cena.” (Fonte: Hypescience)

31 razões cristãs para não ficar na frente da televisão

O pastor americano David Wilkerson, um dos mais respeitados líderes cristãos deste século afirma que é hora de se aproveitar o tempo, e não desperdiçá-lo à frente da televisão. Ele é o criador da instituição “Desafio Jovem”, que trabalha na restauração de drogados e autor, entre outros, do livro “A Cruz e o Punhal”, best-seller que conta seu chamado para trabalhar com jovens delinqüentes em Nova York. Seu ministério teve repercussão mundial depois que se decidiu a utilizar em oração as duas horas que gastava diariamente vendo TV, nos EUA. Wilkerson relaciona 31motivos bíblicos para cristão tirar a TV de casa: 1. Temos um mandamento direto para não trazê-la para os nossos lares. “Não meterás, pois, cousa abominável em tua casa, para que não sejas amaldiçoado, semelhante a ela; de todo, a detestarás e, de todo, a abominarás, pois é amaldiçoada” (Deut. 7:26). 2. Coloca os telespectadores na roda dos escarnecedores. “Bem-aventurado é o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido” (Salmo 1:1-3). 3. Os vitoriosos não devem colocar nada que seja mau diante dos seus olhos. “Portar-me-ei com inteligência no caminho reto. Quando virás a mim? Andarei em minha casa com um coração sincero. Não porei coisa má diante dos meus olhos: aborreço as ações daqueles que se desviam; nada se me pegará” (Salmo 101:2-3). 4. Quando ativado por Satanás representa comunhão com as obras das trevas. “Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas?” (Cor. 6:14). 5. Polui o fluir puro dos bons pensamentos. “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento” (Fil.4:8). 6. Toca a coisa impura a respeito da qual Paulo advertiu. “Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Por isso, retirai-vos do meio deles, separai-vos, diz o Senhor; não toqueis em cousas impuras; e eu vos receberei” (2 Cor. 6:16,17). 7. É impróprio para a noiva que se prepara para Cristo. “Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo” (Apoc. 21:2). “…e habilitar para o Senhor um povo preparado” (Lucas 1:17). 8. Não devemos desperdiçar o tempo, mas remi-lo. “Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus” (Ef. 5:14-16). 9. Não devemos ser co-partícipes dos ídolos dos filhos da desobediência. “Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém a santos; nem conversação torpe, nem palavras vãs ou chocarrices, cousas essas inconvenientes; antes, pelo contrário, ações de graças. Sabei, pois, isto: nenhum incontinente, ou impuro, ou avarento, que é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque, por essas cousas, vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais participantes com eles. Pois, outrora éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz (porque o fruto da luz consiste em toda bondade, e justiça, e verdade), provando sempre o que é agradável ao Senhor. E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as. Porque o que eles fazem em oculto, o só referir é vergonha. Mas todas as cousas, quando reprovadas pela luz, se tornam manifestas; porque tudo que se manifesta é luz” (Ef. 5: 3-13). 10. Os espectadores se assentam no trono da violência, o que remove a aflição pelo pecado. “Ai dos que andam à vontade em Sião…que imaginais estar longe o dia mau e fazeis chegar o trono da violência; que dormis em camas de marfim… as não vos afligis com a ruína de José” (Amós 6: 1,3,4,6). 11. Ela com certeza não renova a mente. “Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rom. 12:1,2). 12. Representa o fermento do mundo e deveria ser lançado fora do lar. “Não é boa a vossa jactância. Não sabeis que um pouco de fermento leveda a massa toda? Lançai fora o velho fermento, para que sejais nova massa, como sois, de fato, sem fermento.Pois também Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi imolado” (I Cor. 5:6-7). 13. Devemos mortificar tudo que seja imundo e idólatra. Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as cousas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. Pensai nas cousas lá do alto, não nas que são aqui da terra; porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus. Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, que é idolatria; por estas cousas é que vem a ira de Deus [sobre os filhos da desobediência].” (Col. 3: 1-3, 5,6). 14. É uma linguagem obscena da qual devemos nos despojar segundo o mandamento. “Agora, porém, despojai-vos, igualmente, de tudo isto: ira, indignação, maldade, maledicência, linguagem obscena do vosso falar” (Col. 3:8). 15. Não é um viver inculpável e santo, digno de Deus. “Vós e Deus sois testemunhas do modo por que piedosa, justa e irrepreensivelmente procedemos em relação a vós outros que credes. E sabeis, ainda, de que maneira, como pai a seus filhos, a cada um de vós, exortamos, consolamos e admoestamos, para viverdes por modo digno de Deus, que vos chama para o seu reino e glória” (I Tess. 2:10-12). 16. Os espectadores não estão possuindo o próprio corpo em santificação e honra. “Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, porquanto Deus não nos chamou para a impureza e sim para a santificação” (I Tess. 4:3,4,7). 17. É uma fonte poluidora da qual procedem a maldição e a amargura. “De uma só boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não é conveniente que estas cousas sejam assim. Acaso, pode a fonte jorrar do mesmo lugar o que é doce e o que é amargoso? Acaso, meus irmãos, pode a figueira produzir azeitonas ou a videira, figos? Tampouco fonte de água salgada pode dar água doce” (Tiago 3: 10-12). 18. Remove a vergonha causada pelo pecado. “Serão envergonhados, porque cometem abominação sem sentir por isso vergonha; nem sabem que cousa é envergonhar-se. Portanto, cairão com os que caem; quando eu os castigar, tropeçarão, diz o Senhor” (Jeremias 8:12). 19. Cristo nos chama a ungir os nossos olhos, não a envenená-los. “E colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas” (Apoc. 3:18). 20. Devemos purificar-nos de toda impureza da carne, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus. “Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus” (2 Cor. 7:1). 21.O ministério para Cristo requer que renunciemos às coisas desonestas ocultas. “Pelo que, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos; pelo contrário, rejeitamos as cousas que, por vergonhosas, se ocultam, não andando com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus; antes, nos recomendamos à consciência de todo homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade” (2 Cor. 4:1,2). 22. É um ídolo que causa confusão e deveria ser odiado. “E quem fizer tropeçar a um destes pequeninos crentes, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse lançado no mar” (Marcos 9:42). 23. Ofende as crianças, levando-as ao tropeço. “E quem fizer tropeçar a um destes pequeninos crentes, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse lançado no mar” (Marcos 9:42). 24. A visão conduz à prevalência da soberba. “A lei do Senhor é perfeita e restaura a alma; o testemunho do Senhor é fiel e dá sabedoria aos símplices. Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro e ilumina os olhos. O temor do Senhor é límpido e permanece para sempre; os juízos do Senhor são verdadeiros e todos igualmente, justos. São mais desejáveis do que ouro, mais do que muito ouro depurado; e são mais doces do que o mel e o destilar dos favos. Além disso, por eles se admoesta o teu servo; em os guardar, há grande recompensa. Quem há que possa discernir as próprias faltas? Absolve-me das que me são ocultas. Também da soberba guarda o teu servo, que ela não me domine; então, serei irrepreensível e ficarei livre de grande transgressão. As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença, Senhor, rocha minha e redentor meu!” (Salmo 19:7-14). 25. Já é tarde. Cristo volta em breve. Devemos rejeitar todas as obras das trevas. “Vai alta a noite, e vem chegando o dia. Deixemos, pois, as obras das trevas, e revistamo-nos das armas da luz. Andemos dignamente, como em pleno dia, não em orgias e bebedices, nem em impudicícias e dissoluções, não em contendas e ciúmes; mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e nada disponhais para a carne no tocante às suas concupiscências” (Rom. 13:12-14). “E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro” (I Jo. 3:3). 26. Deus ordena que o povo santo destrua e rejeite todos os ídolos. “Porém assim lhes fareis: derribareis os seus altares, quebrareis as suas colunas, cortareis os seus postes-ídolos e queimareis as suas imagens de escultura. Porque tu és povo santo ao Senhor, teu Deus; o Senhor, teu Deus, te escolheu, para que lhe fosses o seu povo próprio, de todos os povos que há sobre a terra” (Deut. 7:5-6). 27. É amizade com o mundo, produzindo inimizade para com Deus. “Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres. Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” (Tiago 4:3-4). 28. A face do Senhor está contra os praticantes do mal, e os espectadores não estão apartando-se do mal, como foi ordenado. “Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a sua língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente; aparte-se do mal, pratique o que é bom, busque a paz e empenhe-se por alcançá-la. Porque os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos às suas súplicas, mas o rosto do Senhor está contra aqueles que praticam males” (I Pe. 3:10-13). 29. Se você acha que se trata apenas de uma mácula em sua roupa, ainda assim está errado. “Por esta razão, pois, amados, esperando estas cousas, empenhai-vos por serdes achados por ele em paz, sem mácula e irrepreensíveis” (2 Pe. 3:14). “Vós, pois, amados, prevenidos como estais de antemão, acautelai-vos; não suceda que, arrastados pelos erros desses insubordinados, descaiais da vossa própria firmeza” (1 Pe. 3:17). 30. A televisão abrange as três tentações que Satanás introduziu no Éden. “Não ameis o mundo nem as cousas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente” (I Jo. 2:15-17). 31. Os vitoriosos que vêem o Senhor na Sua glória não necessitam disto. “Que mais tenho eu com os ídolos? eu o tenho ouvido, e isso considerarei” (Oséias 14:8). (Fonte: Blog Nisto Cremos)

Postagens Populares: